ARQUEOLÓGICO

 

 

© De João Batista do Lago

 

 

Assentado na minha pura arte

Inexorável assisto às experiências

Cheias de possibilidades inacabáveis

E creio cada vez mais que

Entre as colunas firmes do tempo

Que os versos da infinita vida

Sugerem-me as possibilidades

De transmigrar para um céu eterno

Donde experienciado

Saudarei a todas as musas do Olimpo

Anúncios